Santa Teresinha - terça, 19 de junho de 2018

Comunidade Dom Expedito reivindicam melhorias aos vereadores

02 de outubro de 2017

A 3ª sessão itinerante ocorreu na tarde dessa sexta-feira (29), no Assentamento Dom Expedito (CAPESA), está situado no setor sul do Município de Santa Terezinha (PB).  Antes de abrir a sessão, a palavra foi concedida aos representantes do Assentamento, o Presidente da Associação Zé Lagoa e Senhora Francisca Félix, que listaram as reivindicações da comunidade como; recuperação da barragem da Capesa e passagem molhada do Curinthians, ginásio de esporte e academia de saúde.

O Presidente Francisco Bezerra (PSB) abriu os trabalhos da sessão ordinária às 16h 45. Faltaram os vereadores Salomão, Lidianny e Zé Nilton, mas justificaram as ausências.

Quem primeiro usou a tribuna foi o Vereador Lila (PSB), que destacou alegria de está na Comunidade, onde teve um grande apoio para sua eleição, em 2016, agradeceu apoio recebido. Apresentou dois requerimentos; um que pedi arborização na estrada do Assentamento Dom Expedito e outro, sobre as reformas do Posto Médico e da Escola da Comunidade.

A Vereadora Célia Nicácio, (PSB) apresentou votos de pesar às famílias de Lúcia Nunes e Antônio Epitácio. Disse que acredita muito nos assentamento como fonte de sobrevivência para o município. Confirmou que o Assentamento pode conta com seu apoio nas reivindicações citadas.

O parlamentar Menon Ayres (PROS), registrou a perca precoce de sua cunhada Lúcia. Quanto ao problema da barragem da Capesa, falou que conhece bem e, que precisa fazer o reparo no balde e também realizar uma limpeza, pois ela está muito aterrada. 

Comentou a critica da prefeita Terezinha de Afonso (PSDB), fez a ele, na Rádio Conexão de Santa Terezinha-PB. Segundo ela, Menon, era vice-prefeito da gestão passada, e não dizia nada, mas Menon, respondeu que não tinha poder de decisão. Continuou dizendo, que a gestora faltou com a verdade, “ela disse que colocou dinheiro do seu bolso, porém nos balancetes constam gastos de 2.700 reais com feiras, foram beneficiadas 24 famílias, com cestas básicas”, afirmou o vereador.

Menon garante que está havendo uma má distribuição das feiras, pois têm famílias que possui casa própria e, recebendo ajuda, já outras famílias com 7 e 8 filhos sem casa e não  receber nada, falta critério, ou então, a Assistente Social não conhece as pessoas do Município ?

Relatou que ônibus continua indo muito cheio pra Patos com os estudantes, teve dia de ir 32 pessoas em pé. Afirmou as coisas erradas vai continuar criticando, pois o povo nos cobra isso. Quanto à farmácia básica não pode faltar medicamentos, pois chegaram 500 mil reais, para saúde do Município. Por fim, parabenizou o deputado Hugo Motta, que liberou as verbas da UBS e vai liberar do Mercado de Artesanato, obras conseguidas pelo ex- prefeito de Arimatéia Camboim. Garantiu que seu compromisso é com o povo, e não com partido.

O Vereador Pedro Sopa (PSDB), justificou a ausência na sessão do dia 15 de setembro. Disse que apoia as reinvindicações dos moradores do assentamento. Os moradores pediram o conserto de uma barragem, ginásio esportivo, academia de saúde e a construção de uma passagem molhada no açude do Curinthians.

O parlamentar rebateu as declarações do vereador Menon (PROS) que foram ditas em sessão no dia 15 de setembro, quando o seu colega falou que a Administração Municipal estava caminhando para o abismo. Pedro afirmou que no mês de janeiro, a prefeita assumiu o mandato com ruas cheias de buracos, ruas sem iluminação pública, falta de remédios, e o coveiro não tinha nenhum material para fazer o seu trabalho.

Sopa comunicou que a prefeita está tirando o município do abismo, as secretarias estão funcionando com carros a disposição da população e os serviços básicos estão sendo executados. Afirmou que se a gestão municipal tivesse no abismo, teria abandonado o apoio à prefeita porque não compactua com práticas erradas. Por fim apresentou um requerimento, que pedi reforma nos postos médicos da zona rural dos sítios Santana e Quixaba.

O Presidente Francisco Bezerra (PSB) fez um pequeno relato de sua trajetória de vida pública, até chegar à Câmara. Agradeceu o apoio do povo Capesa nas eleições de 2016. Disse que pensa na política como ‘sacerdócio’, ou seja, para servir o povo.

Discorreu com entusiasmo sobre um projeto seu, que resgata a história politica do município nos períodos de 1962- 1992, pois não se há registro na Câmara Municipal dessa época. Vou entregar esse projeto no aniversário da cidade, em 22 de Dezembro.

Cobrou da gestão a recuperação das estradas dos sítios; Capoeira, Mesquita e Santo Estevão e a estrada que ligam os dois assentamentos de Dom Expedito e Nego Fuba. Pediu que fichas médicas destinadas ao pessoal dos sítios, pois muitas vezes chegam à cidade e não tem mais vagas. Sugeriu um à Comunidade um Abaixo-assinado, para resolver o problema da barragem da Capesa. 

Agradeceu a Secretária de Estado Desenvolvimento Humano, Cida Ramos, que atendeu ao pedido do vereador Edcarlos, mas que teve um reforço dos colegas, Salomão, Menon e dele, para implantação do Cartão Alimentação no município, serão beneficiadas 65 famílias.  Por fim, apresentou um requerimento que pedi a conclusão das barragens subterrâneas, pois o material já está nos locais onde serão construídas (lona, anéis de cimento e tampas), falta à parte do município. Lamentou que um rapaz de Várzea Alegre, que coloca água na escola está sem receber a três meses, o homem parou o serviço. Ficando os alunos prejudicados, pois a professora solta os alunos mais cedo, porque não tem água para fazer a merenda. Isso é inadmissível e espera uma solução da gestão, o mais rápido possível.

O vereador líder da prefeita Edcarlos Soares (DEM), agradeceu as pessoas da comunidade que o ajudaram na eleição de 2016. Informou que a ambulância que estava quebrada desde setembro de 2016 e foi consertada. Comunicou que na próxima semana a van, que transporta pacientes para João Pessoa também será feita uma manutenção geral.

Agradeceu a Secretária de Estado Desenvolvimento Humano, Cida Ramos, que atendeu ao seu requerimento que pede a implantação do Cartão Alimentação no Município, e lamentou mais uma vez a atitude do deputado estadual Nabor Wanderley (PMDB) que conseguiu este projeto social para vários municípios da região e Santa Terezinha uma de suas bases eleitorais não foi contemplada.

Sobre os pedidos da comunidade, Soares afirmou que a prioridade é o conserto da barragem que serve como fonte de renda para os produtores da região. Por fim, disse que a gestão está resolvendo os problemas do Município. Os requerimentos foram aprovados.

 

 

 

Fotos da Matéria

Clique para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar